segunda-feira, junho 14, 2004

Até qualquer dia...



Aproveitem e vejam os arquivos ;)

domingo, junho 13, 2004

O homem do ciguri


O Homem do Ciguri (Major Fatal 2: L'homme du Ciguri) de Moebius, publcado pela Meribérica (1996; original: 1995) é a continuação inesperada de A Garagem Hermética, publicada originalmente nos anos 70. Tal como outrora, aqui a narrativa é caótica, não premeditada, que evoluiu em pequenos capítulos semanais. Talvez seja essa ausência de coerência que permite a Moebius desenvolver com liberdade os seus desenhos, dos quais sou fã. A história é apenas uma (má) desculpa para pegar no álbum. Aliás, o final fica em aberto. Atenção: não é para todos...


O 3º episódio da 3ª temporada de Star Trek: Deep Space Nine, visto em DVD, The House of Quark, é uma mistura dos episódios Ferengi com Klingon, na medida em que Quark, devido à mentira de ter matado um klingon, vê-se obrigado a casar com a sua viúva. Divertido. Keiko abandona a estação para se dedicar à botânica em Bajor, uma vez que a escola foi fechada, devido ao medo dos bajorianos permanecerem na estação após o encontro com os Dominion. Oportunidade ainda para rever Gowron.
O 4º, Equilibrium, centra-se em Dax. Após várias alucinações, a vida de Jadzia está em risco à medida que descobre um passado que nunca soube que teve... É a prmeira vez que se vislumbra o planeta Trill. Os talentos culinários de Odo, no início do episódio, são hilários.
O 5º, Second Skin, apanha-nos de surpresa, quando se descobre que Kira é de facto uma espia cardassiana alterada cirurgicamente. Ou será que não? A ajuda de Garak para resgatar Kira, permite-lhe continuar na DS9.
O 6º, The Abandoned, traz-nos mais informações sobre os Jem'Hadar, na medida em que um bebé daquela espécie é encontrado. Rapidamente, atinge o tamanho de adulto e compete a Odo tentar controlar o seu temperamento violento. Entretanto, Marta, a namorada de Jake, uma dabo-girl, vai jantar a casa deste, a convite de Sisko.


Vi ainda na 2:, o 9º episódio da 1ª temporada de Anjo Negro (Dark Angel), Blah Blah Woof Woof. Lydecker manda a polícia local colocar posters de Procura-se de Max, com uma grande recompensa, espalhando-os por toda a cidade e acusando-a de assassínio. Zack retorna para levar Max para fora da cidade. Com Logan às portas da morte, após uma cirurgia, Max volta para o ajudar. Quando é capturada, Zack confessa o crime pelo qual ela é acusada. Uns minutos de tv para passar o tempo...

sábado, junho 12, 2004

Sem protecção


No Protection (1995) é como se denomina o álbum que reune Massive Attack & Mad Professor. Mad pegou no álbum anterior dos Massive e reinventou-o. O resultado final é espectacular. Uma jóia da electrónica/ trip-hop/ dança alternatica/ club-dance!


A brasileira Renata Arruda interpreta em Por Elas e Outras... (2003) temas de cantoras brasileiras como Maysa, Dolores Duran, Joyce, Zélia Duncan, Sandra de Sá, Ângela Rorô, Marisa Monte, Marina Lima, Adriana Calcanhotto, Rita Lee e ela própria. Bonitinho!


Sou um fã do brasileiro Renato Russo. Daí que é com alguma ambiguidade que falo de Presente (2003), um dos seus álbuns póstumos. Como fã, é óptimo ter reunidos num CD 9 temas inéditos ou esparsos por outros CDs e LPs que não do Renato; e é interessante ouvir os trechos das 3 entrevistas. Para não fãs, as entrevistas serão provavelmente motivos de aborrecimento e nem todos os temas têm a melhor qualidade sonora... Assim, entre os 5 cafés do fã e os 4 do comum dos mortais, dou:


O álbum Samba do Metrô Amor (2003) do brasileiro Ricardo Black é composto por 10 faixas de MPB. Ouve-se sem esforço, mas muitas audições podem enjoar:


Li os #1&2 da mini-série Os Melhores do Mundo (World's Finest) de Dave Gibbons, Steve Rude & Karl Kesel, publicados pela brasileira Mythos (2003; original: 1990). Após a reformulação do universo DC em 1990, esta foi a primeira série que reuniu Superman e Batman. Com homenagens expressas à comédia do início do século passado (Laurel & Hardy, Costello), tratou-se de um bom primeiro passo na altura:


Como o #9 chega ao final a série Vertigo Inverno (Vertigo: Winter's Edge), publicada pela brasileira Opera Graphica (2001; original: 1998-1999). Neste último número os autores Warren Ellis, Darick Robertson, Ed Brubaker, Warren Pleece, Brian K. Vaughn & Roger Peterson trazem-nos histórias curtas de Transmetropolitan, Deadenders e Monstro do Pântano. Boas ideias, mas que o pouco espaço nem sempre permite grande desenvolvimento:


A revista da mesma editora Lendas do Cavaleiro das Trevas #9 traz a conclusão de Batman & Deadman (Batman/Deadman: Death and Glory) (2002; original: 1996) de John Estes & James Robinson. O argumento melhorou um pouco, a arte não me pareceu tão cuidada, mas dou a mesma quantidade de café:


Imperdível é a série dos Exiles. O 3º TPB, Out of Time reune os originais #12-19 (2002-2003). Uma descoberta importante acerca de Sasquatch, o novo membro da equipa e mais revelações sobre os Weapon X. Judd Winick, Mike McKone & Jim Calafiore estão mais uma vez de parabéns!

sexta-feira, junho 11, 2004

Toque de Veludo


Finalmente, chegou a altura de assistir ao 10º e último episódio da mini-série Vieram em Paz... (Taken), intitulado precisamente Taken (2003). Neste episódio, Allie apercebe-se de qual é o seu destino e juntamente com a sua família tem de tomar a sua maior decisão. Depois de 20 horas de exibição, o final encontrado sabe a pouco, especialmente se considerarmos que o seu início remonta há 60 anos atrás. Mas não deixa de ser uma boa série, uma das melhores que a SIC passou nos últimos tempos:


Vi o 16º episódio da 3ª temporada da série CSI no canal AXN, Lucky Strike (2003), no qual se tentam desvendar dois casos: a) um condutor com um pau de madeira espetado na cabeça acaba por morrer frente a um casino; b) a morte de uma criança de 5 anos, filha de uma estrela norte-americana de basquetebol. Deu para passar o tempo:


Já tinha visto os episódios Slaughterhouse e Kill Zone, os 8º e 9º episódios da série CSI: Miami no canal AXN. Vi agora o 11º, Camp Fear (2002), o 1º em que a actriz Kim Delaney já não trabalha na série. Nele, os desafios são saber como um homem morreu queimado aparentemente de dentro para fora e quem matou uma jovem modelo. O mais fraquito dos 3 que já vi:


O 2º episódio da mini-série Anjos na América (Angels in America) (2003) no canal 2: manteve o nível do anterior - se é que ainda não o elevou mais. Desta vez, não vimos Meryl Streep no papel de rabi, mas sim no de Hannah Pitt, a mãe de Joe. A voz de Emma Thompson como o anjo dos EUA já se ouviu, mas ainda não apareceu. A actriz interpreta neste episódio a enfermeira Emily. Entretanto, continuamos a ver as brilhantes interpretações de Pacino, Mary-Louise Parker, Justin Kirk (que neste episódio, além de Prior, também interpreta o homem no parque) e Ben Shenckman. Jeffrey Wright, além do habitual Mr. Lies, interpreta aqui também a personagem Belize.


Também na 2:, comecei a ver a mini-série Toque de Veludo (Tipping the Velvet), a qual retrata o amor e a vida, na excêntrica sociedade londrina do fim de século. Neste 1º episódio, Nan, uma inocente jovem de Whitstable vai a um espectáculo musical pela primeira vez na sua vida. Lá, vê Kitty uma jovem e bela actriz, vestida como um jovem galanteador da cidade... Nan fica encantada. Trava conhecimento com Kitty e rapidamente as duas tornam-se amantes.


Tive ainda tempo para ver o 7º episódio da 1ª temporada da série Anjo Negro (Dark Angel) no mesmo canal, intitulado Prodigy. O que me levou a ver a série foi ela ser produzida por James Cameron. Max, uma adolescente que trabalha como mensageira, tenta sobreviver no dia a dia de um futuro próximo, no qual todas as infra-estruturas electromagnéticas de comunicação são destruídas num ataque terrorista. Contas bancárias, registos pessoais, qualquer coisa guardada em computador desaparece... Contudo Max tem um segredo. Ela é um ser criado num laboratório de engenharia, para ser uma super-guerreira. Em criança fugira de uma instalação secreta do governo que agora dá tudo para a ter de volta... A ajuda a Max chega na pessoa de Logan Cale um ciberjornalista anónimo conhecido por "Eyes Only". Neste episódio, Max é espectadora numa conferência sobre engenharia genética. Ela descobre Lydecker, um dos seus carrascos em criança, mas ele não a reconhece. Entretanto, o conferencista é raptado por um grupo de terroristas em desacordo com o seu trabalho. Embora possa parecer interessante, foi mediano: